Eneagrama 9: Comportamento

Publicado por

Este guia visa apresentar a teoria e tipologia do Eneagrama. Os posts serão traduções e adaptações dos originai, que merece todos os créditos: Leslie Hersh Berger e 9 Types

 

Agora temos um Grupo no Facebook

Relação estimada com a Tipologia MBTI

Enea Jungian Functions MBTI Types
Nove Sentimento Introvertido ou Percepção Introvertida Frequentemente ISFP, INFP, ISTP, ESTP, ISFJ
Esporadicamente ESTJ, ISTJ, ENTP, ESFJ, ENFJ, INFJ, INTP
Raramente ENFP, INTJ, ENTJ, ESFP

Eneagrama Nove: O Pacificador

O Mediador é uma personalidade aceptativa, calmante e constante, com uma forte convicção de que o amor e o senso de pertencer são obtidos ao se misturarem com os interesses das outras pessoas. Os mediadores habitualmente concentram sua atenção nos desejos e necessidades de outras pessoas e nas distrações do ambiente.

Os movimentos são conduzidos por uma inércia ou preguiça sobre si próprios e suas próprias prioridades. Os desafios para este tipo que busca conforto e que considera todos os lados de uma questão incluem ser ambivalentes, auto depreciativos e passivo agressivos.

Cada tipo de Eneagrama tem seu próprio mecanismo de idealização, evasão e defesa que mantém a idealização “no lugar”.

Pecado raiz: Preguiça

Autoimagem idealizada: “Eu sou pacífico”.

Busca Evitar: Conflito e desconforto.

Mecanismo de defesa: narcotização ou “adormecimento”; quando ocorre um conflito ou uma situação desconfortável, os Nove podem ficar fisicamente cansados ​​ou se ocuparem com coisas insignificantes para evitar a dificuldade. Eles também usarão coisas como TV, comida, exercício, conversa excessiva ou álcool/drogas para “adormecer”. “Eu vou lidar com isso mais tarde. Hora para um sorvete e um filme … “.

Práticas de crescimento:

  • Faça de si mesmo importante.
  • Defina limites próprios, prazos e prioridades.
  • Ame-se tanto quanto ama aos outros.
  • Aceite que desconforto e dor fazem parte da vida.
  • Cultive uma prática de atenção plena e observe a diferença entre atenção plena e “entorpecimento”.

O que esperar se você estiver em um relacionamento com um Mediador:

  • Quando Novos dizem “não”, não significa que eles disseram “sim”. Certifique-se de investigar suas reais preferências.
  • Espere que Noves digam de volta o que você quer ouvir. Isso não significa que é o que eles querem realmente.
  • As suas necessidades como parceiro dele, lhes parecem mais importantes e mais significativas que as dele próprio.
  • Escolhem pelo processo de eliminação. O Nove sabe o que eles não querem, e não o que eles querem.
  • Observe coisas simples que eles gostam e participe com eles.
  • Sob pressão, espere um recuo, de volta à rotina mecânica de relacionamento. Noves usam uma rotina familiar que é muitas vezes moldada para agradar ao parceiro, como forma de se anestesiarem-se.
  • Uma vez que uma prioridade se situa, precisa de um caminho claro para obter sucesso.
  • A apreciação é primordial. Noves participam da vida de outras pessoas. Eles precisam que nós “os percebamos”.
  • Uma vez que um Nove se “funde” com você, é difícil separar. Os relacionamentos podem continuar por anos além do ponto de parada natural. Noves acham difícil desistir de memórias de relacionamentos antigos para que novos possam se desenvolver.
  • Você descobrirá que Noves desviam a atenção dos sentimentos, tornando-se preocupados com questões não essenciais. Eles procuram alternativas para antecipar as brigas e discussões. Eles são muitas vezes lacônicos e pouco comunicativos sobre o que eles realmente sentem: “Deixe que o não falado permaneça não dito”.
  • Noves focam em padrões habituais e preocupações triviais (“muitas pequenas coisas a fazer”) ao invés de realmente se envolverem no relacionamento. A energia se espalha para a mecânica de viver em conjunto: as reparações da casa, a taxa de hipoteca. Como parceiro do Nove, você se encontrará sendo o único agente ativo para a mudança.
  • Os Nove dirão de volta o que você quer ouvir. Isso não implica que eles concordem com você. É difícil para eles dizerem “não”, porque suas necessidades lhes soa mais alto que as deles próprios.
  • Noves fantasiam sobre a fusão com parceiros ideais e serem varridos para uma nova vida. O lado ruim da fusão com a vida dos outros é que os Nove culpam você quando as coisas dão errado.
  • Os relacionamentos se aprofundam quando os Nove podem se fundir com você sem perderem a identidade pessoal própria.

No local de trabalho

  • Relaxam na ausência de fricção. Quer que as coisas sejam confortáveis ​​e corram sem problemas. Quer que a “família do trabalho” se dê bem. Tem um profundo desejo de ter bons sentimentos no trabalho, entre autoridade e empregado.
  • Floresce em condições de suporte positivo, mas evita auto promoções. Quer reconhecimento, mas não irá pedir.
  • Gostam de procedimentos, linhas de comando e recompensas bem definidas. Gosta de ajustar a própria produção de energia para um conjunto previsível de diretrizes. Sem surpresas repentinas, por favor.
  • Pode ser automático e produzir uma grande quantidade de trabalho. Suspende a conscientização de sua própria agenda enquanto segue a rotina.
  • Energizado por uma rotina produtiva e entusiasmo de outras pessoas por projetos.
  • Quer uma estrutura para apoiar as decisões. Não gosta de tomar decisões. Vai pelo padrão; mantém a tomada de decisão espontânea, no mínimo.
  • Cuidado com riscos. Sente-se mais seguro em rotinas conhecidas. Vai com o que funcionou no passado. Evita riscos que suscitem esperanças, por medo do desapontamento.
  • Destaca o essencial, enquanto os não essenciais são feitos. O uso estratégico dos prazos produz economias de última hora magníficas.
  • Sente-se sobrecarregado com muito para fazer. Considera difícil se concentrar em uma prioridade quando itens de menor importância parecem preocupações igualmente prementes.
  • Muitas vezes ambivalente em relação à autoridade. Tem dificuldade em estabelecer prioridades e continuar, mas é teimoso sobre seguir as instruções dos outros.
  • Primeiro, expressa raiva no trabalho secretamente, ignorando o problema ou deslocando a culpa para a estrutura, para a má administração, ou outras pessoas no trabalho.

Quer saber mais sobre Eneagrama? Mostre-me onde!

Anúncios

Deixe uma resposta