Anúncios

Eneagrama 3: Subtipos

Este guia visa apresentar a teoria e tipologia do Eneagrama. Os posts serão traduções e adaptações do original, que merece todos os créditos: The Enneagram Institute e os livros de Riso-Hudson

 

Agora temos um Grupo no Facebook

 

Antes de ler esse post, é recomendado entender sobre o Eneagrama 3.

Caso não sabe que são Asas e Sub-Tipos, esse é o link.

Eneagrama 3: Subtipos

O indivíduo de Eneagrama 3, estará dentro de um dos dois Subtipos: 3w2 (Três Asa Dois – O Astro)  ou 3w4 (Três Asa Quatro – O Profissional).

O Três asa Dois: “O Astro”

Em geral, os traços dos Três e os dos Dois reforçam-se mutuamente. Três com asa Dois têm habilidades sociais extraordinárias: gostam de estar entre as pessoas e curtir ser o centro das atenções; eles são muitas vezes extremamente charmosos, sociáveis e altamente populares.

Eles se orgulham do seu encanto interpessoal, humor e atratividade, o que aumenta consideravelmente a sua conveniência social, bem como ao seu efeito estimulante sobre os outros.

Com asa Dois, a ênfase é mais no toque pessoal e na apresentação pessoal. Existe também um maior interesse em contactar os outros e fazer contato interpessoal. Dependendo do quanto a asa Dois é operativa, os Três saudáveis deste subtipo são geralmente mais externos e emotivos do que os Três asa Quatro. Eles possuem algum grau de calor e sentimentos positivos para as pessoas.

Três não são completamente desengajados, é claro. Eles se preocupam com essas poucas pessoas que estão perto. Eles podem encorajar e apreciar os outros, e seus sentimentos podem ser afetados e feridos. Há uma qualidade viva e vivaz sobre eles que pode assemelhar-se às qualidades energéticas dos Sete.

Eles podem ser conversadores, úteis e generosos como Dois, enquanto mantêm a sensação de equilíbrio e autocontrole característica de Três. Eles geralmente querem um tipo particular de afirmação dos outros: além de receberem atenção, eles querem ser amados. Isso os encoraja a serem mais receptivos às necessidades e desejos dos outros.

Os Três medianos deste subtipo desejam convencer a si mesmos e a outros de que são desejáveis, para que eles atinjam energicamente os outros, tentando envolvê-los e chamar a atenção. A asa Dois aumentam a capacidade de projetar seus sentimentos, ou a ilusão de sentimentos, conforme o caso.

Atores, modelos e cantores são frequentemente desse subtipo. Eles sabem como “ativá-lo” quando sentem que precisam impressionar alguém e, à medida que se tornam mais não saudáveis, isso se torna sua contínua preocupação.

Pessoas desse subtipo preocupam-se muito com o que os outros pensam deles: a competitividade, comparando-se com os outros e o sucesso em suas relações são particularmente importantes. Eles não só desejam um relacionamento invejável com um cônjuge, eles querem que o cônjuge seja uma conquista, sexual e socialmente desejável, aquele que reflete bem sobre eles.

Seus filhos também são tipicamente extensões narcisistas do eu, como é a casa, passatempos, pontos de férias e outros valores em suas vidas. O narcisismo deste subtipo é mais aberto que o de Três asa Quatro. Eles começam a usar seus “encantos” de forma excessiva e inadequada, muitas vezes inconscientes de que seus esforços estão contrabalançando.

O exibicionismo e a sedução também são mais pronunciados nas pessoas desse subtipo. À medida que se deterioram, Três asa Dois podem divulgar coisas à publicidade, mesmo a publicidade negativa, para chamar a atenção, enquanto protegem o que resta de sua frágil vida interior emocional.

Uma vez que sua atenção raramente visita esse mundo interior, eles às vezes desconhecem a raiva e o ressentimento que sentem com os outros que não respondem aos “sacrifícios” que estão fazendo para serem aceitos. Três não saudáveis deste subtipo não são apenas enganadores para obter o que eles querem dos outros; eles também podem ser auto enganosos. Eles podem ser manipuladores e sentirem-se autorizados, o que mostra seu apetite pela vingança contra aqueles que não lhes dão a atenção e o amor que eles sentem que merecem.

Tanto o Três como os Dois têm um problema com a agressão: Dois se sentem agressivos quando os outros não os apreciam, e Três são hostis por serem levemente narcisistas. A combinação produz pessoas particularmente hostis se não estiverem no topo. O ciúme que vemos em Três não saudáveis também está presente em Dois não saudáveis, motivando essas pessoas à forçar outras pessoas a dar-lhes o que querem.

Quando sua hostilidade não é equilibrada, a intensidade de sua raiva pode atingir níveis perigosos, surpreendendo a todos, inclusive eles mesmos. Três asa Dois tornam-se maliciosos para com os outros, até podem vir a ser psicopatas destrutivos. Eles são psicopatas encantadores, homens e mulheres atraentes que parecem ter tido tudo para eles até que de repente se tornem violentos, geralmente para aqueles com quem eles estão mais próximos, mas que, por qualquer motivo, frustraram suas necessidades narcisistas.

O Três asa Quatro: “O Profissional”

Os traços dos Três e dos Quatro produzem um subtipo complexo, cujas características geralmente são conflitantes entre si. O Três é essencialmente um tipo “interpessoal”, enquanto o Quatro se retira do contato com outros. Neste subtipo, há menos ênfase nas habilidades interpessoais e mais foco no trabalho, realização e reconhecimento.

Na medida em que a asa Quatro é operativa, algumas pessoas deste subtipo parecem mais Quatros, e não Três: podem ficar quietos, bastante privados, moderados em comportamento, e têm interesses artísticos e sensibilidades estéticas. Eles podem ser mais emocionalmente vulneráveis do que Três asa Dois, mas são mais restritos em sua auto expressão.

Três asa Quatro saudáveis com têm uma certa intuição que podem dirigir tanto para si como para os outros. Uma vez que a autoconsciência também é parte da imagem, as pessoas desse subtipo têm mais potencial para obter autoconhecimento e desenvolver suas vidas emocionais do que Três asa Dois. Eles podem ter sensibilidades artísticas e capacidade criativa, e muitas vezes possuem um forte senso de estilo, especialmente em relação às suas casas e sua aparência pessoal.

Eles geralmente enfatizam a inteligência sobre a atratividade pessoal em sua autoimagem e relações sociais. Dependendo do grau em que a asa Quatro é operativa, haverá uma forte atração por objetos estéticos e um amor por coisas boas. Trabalhadores duros, eles geralmente apresentam uma personalidade mais séria e abertamente orientada para a tarefa do que Três asa Dois.

Muitas pessoas desse subtipo passam muito tempo aperfeiçoando seu ofício e tornam seu negócio dominar qualquer conhecimento técnico e habilidade necessário para se destacar no seu campo escolhido. Por esta razão, eles podem ser facilmente confundidos como Cincos ou Ums. As pessoas deste subtipo são confiantes e de destaque de alguma forma, mas também introspectivas e sensíveis.

Uma vez que Três é o tipo básico, no entanto, o Três mediano asa Quatro ainda estará interessado em sucesso e prestígio, embora de maneiras mais sutis do que o outro subtipo. A competitividade dos Três e a auto dúvida dos Quatro se combinam de formas que inevitavelmente criam tremendas pressões para os Três asa Quatro. Eles começam a basear sua autoestima nas reações dos outros, especificamente sobre seu trabalho, e muitas vezes sentem que estão colocando toda a sua autoestima na linha com cada projeto que eles assumem.

Sua imaginação e sentimentos desempenharão um papel mais ativo, mas, como Três, eles ainda estão, na medida do possível, suprimindo seus sentimentos para funcionar de forma mais eficaz e “causar a impressão certa”. Sob essa pressão, eles acabam cometendo erros mais cedo ou mais tarde, e quando o fizerem, a asa Quatro adiciona um componente de auto acusação que pode ser difícil de suportar.

O impulso implacável para a realização dos Três combinada com a auto reprovação dos Quatro faz com que a ideia de fracasso seja verdadeiramente aterrorizante para este subtipo. Três asa Quatro tendem a ser mais temperamentais e pretensiosos do que o outro subtipo, e também mais distantes e conscientes de como os outros os tratam. Eles colocam grande estoque em suas ideias e exigem que outros façam o mesmo.

Os sentimentos narcisistas de superioridade e arrogância misturam-se com os sentimentos de isenção e auto indulgência dos Quatro, mesmo que sejam sutis. Três não saudáveis deste subtipo alternam descontroladamente entre a inflação do ego dos Três e a auto dúvida dos Quatro.

Uma vez que o Três é o tipo base, a auto satisfação e as fantasias grandiosas são a regra. Na medida em que a asa Quatro entra em jogo, eles também podem começar a sofrer depressões em que se desligam emocionalmente e fisicamente por períodos de tempo.

Três podem sair desses estados com um sentido de propósito renovado, mas muitas vezes caem de volta nas mesmas rotinas que os colocaram em problemas em primeiro lugar. Isso pode acontecer várias vezes até que o Três recebam a mensagem e faça mudanças significativas na vida.

Os indivíduos deste subtipo podem ser mal identificados como maníacos-depressivos, uma vez que seu humor pode mudar rapidamente, um elemento que Três asa Quatro tem em comum com o transtorno maníaco-depressivo.

No entanto, o problema subjacente aqui não é ansiedade, mas o narcisismo e o falta de cumprimento de suas grandiosas expectativas. É possível que as pessoas desse subtipo também se tornem autodestrutivas e suicidas se constantemente frustradas pela realidade.

Quer saber mais sobre Eneagrama? Mostre-me onde!

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: