Anúncios

Eneagrama: Erros de identificação – Tipos 3 e 5

Este guia visa apresentar a teoria e tipologia do Eneagrama. Os posts serão traduções e adaptações do original, que merece todos os créditos: Enneagram Institute

Agora temos um Grupo no Facebook

 

Erro de identificação entre tipos 3 e 5

A razão principal por que estes dois tipos muito diferentes são confundidos é que alguns Três medianos (especialmente se eles são inteligentes) gostariam de se ver como “pensadores”. Uma vez que Cincos são mais vistos como o “tipo inteligente, pensador”, o Três mediano pode escolhê-lo em vez do tipo que eles realmente são. Essa identificação errada é feita quase exclusivamente por Três, uma vez que Cincos não é susceptível de pensar que são Três.

Os Três medianos são configurados para cumprir as expectativas ocultas de seus pais; então, em uma família que valoriza a inteligência, a originalidade e o brilho intelectual, é natural que Três cresça pensando que devem ser essas coisas para ter valor. Assim, concepções estreitas dos tipos, ou apresentações pouco claras e injustas do tipo Três em alguma literatura de Eneagrama podem fazer com que alguns Três medianos desejem ser Cincos. Alguns Três podem muito bem ser pensadores e ter ideias originais; eles podem se destacar academicamente e ser estudantes brilhantes. Mas esses traços por si só não são suficientes para ser um Cinco. Mais uma vez, a raiz da identificação errada consiste em se concentrar em um ou dois traços em vez de considerar o tipo como um todo, incluindo suas motivações centrais.

Existem muitas desigualdades significativas entre esses dois tipos. O tipo de pensamento em que se envolvem é muito diferente: os Cincos são muito orientados para os processos: não se preocupam com os objetivos finais e podem ser extraordinariamente envolvidos em ideias abstratas com o objetivo de adquirir conhecimento, virtualmente como um fim em si mesmo. A perseguição e a posse do conhecimento encorajam Cincos, e não só os seus interesses não precisam de resultados práticos para serem satisfatórios, mas o Cinco mediano é muito provável que nunca busque fama ou fortuna por suas descobertas ou criações. Os Cinco seguem suas ideias onde quer que elas as levem, sem um fim particular. Suas ideias nem precisam ser relacionadas a fazer descobertas. Criar suas próprias realidades internas privadas pode ser uma recompensa suficiente. Em qualquer caso, o Cinco mediano permanecerá com um projeto por anos até esgotar seu assunto ou eles mesmos, ou ambos. Trêss, ao contrário, geralmente não estão envolvidos em assuntos por sua própria causa: eles mudam seus interesses e carreiras rapidamente se o sucesso e o reconhecimento que eles procuram escapam.

Além disso, o Três mediano persegue seu trabalho intelectual com objetivos pessoais em mente (conscientemente ou inconscientemente): impressionar os outros, ser famoso, ser conhecido como o melhor em seu campo, ser aclamado como um gênio, vencer um rival em uma descoberta, para ganhar um prêmio ou prestígio, e assim por diante. A consideração essencial é que seu trabalho intelectual é freqüentemente realizado para atingir metas e conquistar reconhecimento, em vez de amor ao conhecimento e a excitação da descoberta intelectual. Em Três, elementos de auto-promoção e de busca de status podem entrar na imagem. Os Três medianos tendem a se promover e a falar sobre suas conquistas brilhantes, enquanto o Cinco mediano tende a ser secreto e reticente em relação ao seu trabalho e descobertas.

Além disso, o pensamento pragmático do Três mediano calcula como alcançar objetivos da maneira mais eficiente, algo completamente estranho ao Cinco pouco prático ​​e orientado para a curiosidade. Além disso, Três são altamente sociáveis ​​e bem cuidados: eles sabem como se apresentar favoravelmente. Cincos costumam ser solitários e muitas vezes colocam pouco ou nenhum esforço em sua aparência pessoal: sua aparência significa menos para eles do que perseguir seus interesses até que os problemas sejam resolvidos e o trabalho esteja pronto. Os Três medianos estão altamente conscientes do que os outros pensam sobre eles, enquanto o Cinco mediano pouco se importa com a boa impressão de outra pessoa.

O Três mediano quer ser considerado sexual e socialmente desejável conforme padrões sociais. Cincos são muitas vezes estranhos, excêntricos e isolados dos outros – não preocupados com o cumprimento das normas sociais. Contraste as personalidades de Três como Michael Tilson Thomas e Carl Sagan com os de Cincos, como Glenn Gould e Stanley Kubrick.

Anúncios

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: