Anúncios

Eneagrama: Erros de identificação – Tipos 3 e 8

Este guia visa apresentar a teoria e tipologia do Eneagrama. Os posts serão traduções e adaptações do original, que merece todos os créditos: Enneagram Institute

Agora temos um Grupo no Facebook

 

Erro de identificação entre tipos 3 e 8

Três e Oitos são ambos assertivos, embora a confusão entre eles se centre na competição encontrada em Três mediano e uma similar competitividade em Oito mediano.

Em termos gerais, tanto Oitos como Três são ambiciosos e competitivos: ambos os tipos querem estar acima dos outros. A diferença é que os Oito medianos são assertivos e querem que os outros façam do seu jeito imediatamente para que eles não tenham que perder tempo e energia brigando com as pessoas – não que tenham medo de fazê-lo. Oitos competem por dominância material e sexual, menos por questões puramente sociais ou de status. Por exemplo, Oitos geralmente não gastam muito tempo comparando-se com os outros, e certamente nunca na medida em que Três faz. Pelo mesmo motivo que Três confunde-se com Setes e Cincos (porque eles estão procurando uma identidade lisonjeira), é muito mais provável que Três se identifique como Oito em vez de vice-versa.

Apesar de algumas semelhanças superficiais, as diferenças são profundas: Oitos são líderes, negociadores e agentes de poder que querem tornar o mundo em conformidade com sua visão pessoal. Eles querem ter um grande impacto, construir e realizar grandes coisas, possivelmente algo que viverá como um testemunho da grandeza de sua audácia e vontade. Forte e implacável, eles podem ser implacáveis ​​quando algo ou alguém se interpõe em seu caminho. Eles têm grandes egos, e alcançar alguma forma de glória é importante para eles. O dinheiro é tanto uma forma de poder quanto um meio para acumular mais. Alcançar o poder pessoal é o impulso dominante em Oitos, e não há nada ambíguo, muito menos furtivo sobre eles.

Em contraste, o poder não é a motivação principal para Três; alcançar sucesso, prestígio e aproveitar a admirável atenção dos outros é. (Pelo contrário, Oito não se preocupa com a popularidade, eles não se importam com a boa vontade dos outros, desde que consigam o seu objetivo.) Se Oitos são líderes naturais, Três são gerentes e técnicos naturais. Se Oitos não tem medo do fracasso como tal, Três tem medo de falhar profundamente porque o vêem como uma humilhação pessoal, uma ocasião potencial para ser rejeitado, seu medo mais profundo.

Em contraste, Oito vê o fracasso como uma oportunidade para aprender algo e voltar mais forte. Se Oitos estiverem muito ocupados alcançando seus objetivos para se preocupar com a opinião pública, Três vivem e morrem nas opiniões dos outros e querem desesperadamente ser aceito socialmente. Se os Oito medianos são combativos e intimidantes, apesar de uma certa bravura, os Três medianos desistirão ou serão conduzidos a desonestidade: eles não podem ser pressionados por muito tempo ou ficarem expostos por um momento. Em suma, mesmo os Oitos medianos são o “artigo genuíno”, enquanto os Três medianos são uma imitação disso. Contraste Oitos como Telly Savalas e John Wayne com Três como Sylvester Stallone e Burt Reynolds.

Anúncios

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: