Anúncios

Os 4 Temperamentos: Introdução

Esse post visa explicar os 4 temperamentos de David Keirsey, PhD. Para isso traduzirei partes na íntegra, adaptarei e complementarei algumas outras coisas.

Nessa série de posts são traduções na íntegra do livro Please Understand Me II de David Keirsey, PhD.

Agora temos um Grupo no Facebook

Introdução

O temperamento é uma configuração de traços de personalidade observáveis, tais como hábitos de comunicação, padrões de ação e conjuntos de atitudes, valores e talentos característicos. Ele também abrange as necessidades pessoais, os tipos de contribuições que os indivíduos fazem no local de trabalho, e o papel que desempenham na sociedade. David Keirsey, PhD identificou os quatro temperamentos básicos da humanidade como os Artesãos (SP), os Guardiões (SJ), os Racionais (NT) e os Idealistas (NF).

Cada temperamento tem suas próprias qualidades e deficiências únicas, forças e desafios. O que explica essas diferenças? Para usar a ideia de temperamento mais eficazmente, é importante entender que os quatro temperamentos não são simplesmente coleções arbitrárias de características, mas brotam de uma interação das duas dimensões básicas do comportamento humano: nossa comunicação e a nossa ação (nossas palavras e nossa ações), ou, simplesmente, o que dizemos e o que fazemos.

Comunicação: Concreta vs Abstrata

Primeiro, as pessoas naturalmente pensam e falam sobre o que eles estão interessados, e se você ouvir com atenção as conversas das pessoas, você encontra duas áreas amplas, mas distintas de assunto.

Algumas pessoas falam principalmente sobre o mundo externo e concreto da realidade cotidiana: fatos e figuras, trabalho e jogos, lar e família, notícias, esportes e o clima – todos os “O Que”, “Quando” e “Onde” da vida. Esse são os Sensores (S).

Outras pessoas falam principalmente sobre o mundo interno e abstrato das ideias: teorias e conjecturas, sonhos e filosofias, crenças e fantasias – todos os porquês, “As coisas são assim, mas como elas poderiam ser?”. Esse são os Intuitivos (N).

Às vezes, naturalmente, todos abordam ambos os tipos de tópicos, mas em suas vidas diárias, e na maior parte, as pessoas concretas falam sobre a realidade, enquanto as pessoas abstratas falam sobre ideias.

Ação: Utilitária vs Cooperativa

Em segundo lugar,  as pessoas estão tentando realizar seus objetivos, e se você observar atentamente como as pessoas vão sobre seus negócios, você vê que existem dois tipos de ação fundamentalmente opostos.

Algumas pessoas agem principalmente de forma utilitarista ou pragmática, isto é, fazem o que precisam para obter resultados, de forma a atingir seus objetivos da forma mais eficiente e eficaz possível e só depois verificam se estão observando as regras ou passando por regras adequadas. Esses são os tipos Racionais (T).

Outras pessoas agem principalmente de maneira cooperativa ou socialmente aceitável, ou seja, tentam fazer a coisa certa, de acordo com regras sociais, convenções e códigos de conduta acordados, e só mais tarde eles se preocupam com a eficácia de suas ações. Esses são os tipo Sentimentais (F).

Essas duas formas de agir podem sobrepor-se, certamente, mas, à medida que conduzem suas vidas, os utilitários instintivamente, e na maior parte, fazem o que funciona, enquanto as cooperativas fazem o que é certo.
Os Quatro Temperamentos

Como Cooperadores Concretos, os Guardiões (SJ) falam sobretudo dos seus deveres e responsabilidades, do que podem vigiar e cuidar bem, e têm o cuidado de obedecer as leis, seguir as regras e respeitar os direitos dos outros.

Como Cooperadores Abstratos, os Idealistas (NF) falam principalmente do que esperam e imaginam ser possível para as pessoas, e querem agir com consciência limpa, sempre tentando alcançar seus objetivos sem comprometer seu código pessoal de ética.

Como Utilitaristas Concretos, os Artesãos (SP) falam principalmente sobre o que veem bem na frente deles, sobre o que eles podem obter em suas mãos, e eles vão fazer o que funciona, o que lhes dá um retorno rápido e eficaz, mesmo que eles têm que dobrar as regras.

Como Utilitaristas Abstratos, os Racionais (NT) falam sobretudo dos novos problemas que os intriga e das novas soluções que eles imaginam, e sempre pragmáticos, agem da maneira mais eficiente possível para atingir seus objetivos, ignorando regras arbitrárias e convenções, se necessário.

Quer saber mais sobre os Temperamentos? Sim! Claro que quero…

Comparação dos 4 Temperamentos

Anúncios

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: