MBTI: Guia de Estudo

Este guia visa organizar em uma sequência lógica tanto os posts sobre as funções cognitivas de Jung quando sobre o Myers Briggs Typology Indicator (MBTI)

Agora temos um Grupo no Facebook

 Agora temos um Canal no YouTube

1. Teoria

Os posts abaixo apresentam a teoria das funções cognitivas de Jung e como Myers e Briggs criaram sua codificação dos tipos baseada na teoria de Jung.

  1. MBTI: O que é e como pode te ajudar
  2. Teoria das funções e MBTI = Fraude?
  3. Funções: Resumo
  4. MBTI: As Funções por trás das Letras
  5. Funções: Ordem e Prioridade (Stack)
  6. Funções: Oposição e Conflitos
  7. Relacionamento Entre Tipos
  8. Sob o controle da Inferior (in the grip)

Agora que já entendeu que de acordo com Jung nossa estrutura cognitiva é formada pelas 8 funções cognitivas, porém elas vão ficando cada vez mais inconscientes a medida em que descemos na ordem de prioridades (Stack).

E de acordo com as funções que prevaleceram no processo de individualização e diferenciação de um certo indivíduo, ele apresentará mais características e usará esse modo para interpretar tanta a si mesmo quando o mundo.

2. Eixos

Dependendo das funções que o indivíduo, devido à sua constituição genética e seu desenvolvimento psicológico ao longo da vida, tem disponível mais conscientemente, ficará então mais voltado para um dos lados de cada um dos 4 eixos abaixo, e nisso que consistirá sua sigla de 4 letras do código MBTI. E é à partir dessa combinação que são gerados os 16 tipos psicológicos MBTI.

  1. Extrovertidos (E) vs Introvertidos (I)
  2. Racionais (T) vs Sentimentais (F)
  3. Intuitivos (N) vs Sensores (S)
  4. Julgadores (J) vs Percebedores (P)

Porém, esses são traços gerais. Para nos aprofundarmos no estudo, precisamos entender as 8 funções cognitivas em si, e quais delas possuímos à nossa disposição. Cada indivíduo possui um grau em que usa cada uma das 8 funções.

Sabemos agora também que, para cada função existe outra oposta e antagônica tanto em sua natureza como orientação, quanto mais consciente uma função é no indivíduo, mais enterrada no seu inconsciente estará a função oposta, e logo, menos controle e afinidade ele terá sobre ela em si mesma, e mais animosidade ou estranho lhes parecerá outros indivíduos que as tenham mais conscientes e as usem para interagir consigo mesmos e com o mundo.

3. Funções

Como vimos no link 3 da seção 1 (Funções – Ordem e Prioridade (Stack)), de acordo com o MBTI, temos 4 funções principais em ordem de prioridade em nosso processo cognitivo: Dominante, Auxiliar, Terciária e Inferior.

Nesses links, encontram-se as categorias de como cada uma das 8 funções cognitivas funcionam dependendo em qual das 4 posições está naquele tipo:

  1. As 8 funções como Dominante
  2. As 8 funções como Auxiliar
  3. As 8 funções como Terciária
  4. As 8 funções como Inferior

Desta forma podemos ter uma visão completa e panorâmica dos “blocos de montar” disponível para compor e integrar cada indivíduo.

4. Testes

Aprendemos na parte teórica acima que Myers e Briggs codificaram as preferências das funções de acordo com a teoria de Jung, (escolhendo trabalhar apenas com as 4 funções mais conscientes), em 16 tipos psicológicos, e criaram testes para tentar identificar o tipo de cada indivíduo. Nisso que consiste o MBTI.

Hoje tem centenas de variantes do teste que podem ser encontrados on-line, a maioria deles, infelizmente, por tentar identificar o tipo de um indivíduo devido ao seu comportamento, não é muito acurado. Pois comportamentos podem ser moldados, por força de vontade, treinamento, e experiência de vida, boas e ruins.

Logo a melhor maneira para ser identificado um tipo é compreendendo a estrutura cognitiva do indivíduo, a qual, à princípio, nunca mudaria.

O ideal, então, seria a própria pessoa se aprofundar no estudo das funções cognitivas e se necessário, solicitar ajuda de alguém mais experiente ou um profissional na área. Claro que com um pouco de força de vontade e estudo, podemos perfeitamente identificar nosso tipo psicológico dentre os 16 disponíveis.

Obs: Existem vários outros estudiosos que interpretaram a teoria de Jung e codificaram de formas diferentes, MBTI não é a única teoria disponível.

Seguem links para os testes em português e em inglês:

Português

  1. 16 Personalidades
  2. Inspiira

Inglês

  1. Similar Minds by Jeff Haas
  2. Keys 2 Cognition by Kyle Baker
  3. Humanmetrics by Catherine Elizabeth Valdes
  4. 41Q by Chintan Pathak
  5. Career Assessment by Jimmy Mckenzie
  6. Online Personality Test by Bogdan Vaida
  7. Type Focus by Tara Orchard
  8. 25Quiz by John Hawksley
  9. Init For Life by Sean Robert Greenhalgh
  10. Quistic by Cassie Boorn
  11. 16 Personalities by Pieter-Christiaan Voorwinden
  12. Cognitive Function Test– suggested by Callum P. Stuart

5. Guia avançado de tipificação

Para àqueles que ainda sofrem muito por não saberem seu tipo, e não tem medo de um desafio…

Guia de tipificação Hardcore! Porque testezinhos são para os fracos e de coração mole!

Se sobreviver, sairá vitorioso do outro lado, sabendo finalmente a qual filo do MBTI você pertence.

Obs: Pretendo ir melhorando com o tempo, logo, sugestões são MUITO bem vindas!

  1. Qual meu tipo? – Passo 1: Dominante
  2. Qual meu tipo? – Passo 2: Inferior
  3. Qual meu tipo? – Passo 3: Auxiliar
  4. Qual meu tipo? – Passo 4: Terciária
  5. Qual meu tipo? – Passo 5: Gabarito

 

6. Os 4 Temperamentos

O temperamento é uma configuração de traços de personalidade observáveis, tais como hábitos de comunicação, padrões de ação e conjuntos de atitudes, valores e talentos característicos. Ele também abrange as necessidades pessoais, os tipos de contribuições que os indivíduos fazem no local de trabalho, e o papel que desempenham na sociedade. David Keirsey, PhD identificou os quatro temperamentos básicos da humanidade como os Artesãos (SP), os Guardiões (SJ), os Racionais (NT) e os Idealistas (NF).

  1. Guia de estudo dos 4 Temperamentos

7. Os 16 Tipos Psicológicos

Caso já tenha identificado seu tipo e queira aprender especificamente sobre ele ou apenas queira aprender e compreender com qualquer um dos 16 tipos interpreta a si mesmo e o mundo que nos cerca, aqui temos a tabela completa.

Nessa tabela encontramos o link para a categoria de cada um dos 16 tipos (clicando na sigla do tipo), onde estão disponíveis todos os posts até o momento daquele tipo.

Ou pode estudar cada uma das funções específicas e na posição correta para aquele tipo (clicando na própria função).

Temperamento

Papel

Variação do Papel

Concreto ou Abstrato?

Cooperativo ou Utilitarista?

Informativo ou Diretor?

Expressivo ou Atencioso?

Sensor

(S)

Guardião 

(SJ)

Logístico

Conservador

(SFJ)

Suportar

Cônsul/Provedor

(ESFJ): Suprimento

Fe, Si, Ne, Ti

Defensor/Protetor

(ISFJ): Segurança

Si, Fe, Ti, Ne

Administrador

(STJ)

Regular

Executivo/Supervisor

(ESTJ): Imposição

Te, Si, Ne, Fi

Logístico/Inspetor

(ISTJ): Certificação

Si, Te, Fi, Ne

Artesão 

(SP)

Tático

Artista

(SFP)

Improvisar

Animador/Performer

(ESFP): Demonstração

Se, Fi, Te, Ni

Aventureiro/Compositor

(ISFP): Sintetização

Fi, Se, Ni, Te

Operador

(STP)

Diligenciar

Empreendedor/Promotor

(ESTP): Persuasão

Se, Ti, Fe, Ni

Virtuoso/Artesão

(ISTP): Instrumentação

Ti, Se, Ni, Fe

Intuitivo

(N)

Idealista 

(NF)

Diplomático

Advogado

(NFP)

Desenvolver

Ativista/Promotor

(ENFP): Motivação

Ne, Fi, Te, Si

Mediador/Curandeiro

(INFP): Conciliação

Fi, Ne, Si, Te

Mentor

(NFJ)

Mentorar

Protagonista/Professor

(ENFJ): Educação

Fe, Ni, Se, Ti

Advogado/Conselheiro

(INFJ): Orientação

Ni, Fe, Ti, Se

Racional 

(NT)

Estratégico

Engenheiro

(NTP)

Construir

Debatedor/Inventor

(ENTP): Concepção

Ne, Ti, Fe, Si

Logicista/Arquiteto

(INTP): Projeto

Ti, Ne, Si, Fe

Coordenador

(NTJ)

Organizar

 Comandante/Marechal

(ENTJ): Mobilização

Te, Ni, Se, Fi

Arquiteto/Mastermind

(INTJ): Implicação

Ni, Te, Fi, Se

8. Curiosidades

Nessa seção incluirei os posts sobre curiosidades (Carreira, Famosos, Divertidos, etc.).

  1. MBTI For Fun
Anúncios