Anúncios

Possessão pela Anima

A Anima Este post centra-se na anima malévola, destrutiva, disfuncional, como isso afeta um homem e também na abordagem a se tomar, a fim de integrar a Anima e, assim, torná-la benevolente e construtiva. Como este post foca na relação do homem com sua Anima, o que precisa ser entendido é que essa imagem feminina... Continuar Lendo →

Possessão pelo Animus

O Animus Jung faz a seguinte declaração sobre o Animus e a Anima: A "alma" que se acumula à consciência do ego durante o opus tem um caráter feminino no homem e um caráter masculino em uma mulher. Sua anima quer se reconciliar e se unir; seu Animus tenta discernir e discriminar. [A Psicologia da... Continuar Lendo →

Os Arquétipos da Anima e do Animus

Os Arquétipos da Anima e do Animus Um dos arquétipos mais interessantes e provocativos que encontramos na Psicologia Junguiana é o da Anima e do Animus. O Anima/Animus se relaciona com a nossa vida interior ou da alma. Não a alma como entendida em termos metafísicos como algo que vive além de nossa existência física,... Continuar Lendo →

AGENDAS OCULTAS – A Sombra nos Relacionamentos Íntimos

AGENDAS OCULTAS - A Sombra nos Relacionamentos Íntimos "Às vezes eu esqueço completamente o que é companheirismo. Inconsciente e insano, eu derramo energia de tristeza em todo lugar." - RUMI, “ÀS VEZES EU ESQUEÇO COMPLETAMENTE” Tom e Sally se engajam em brigas diárias, insultam as famílias de origem do parceiro e se desesperam para conseguir... Continuar Lendo →

A Sombra Pessoal

A Sombra Pessoal - Deparando-nos com nós mesmos “O processo de chegar a um acordo com o Outro em nós valerá a pena, porque dessa forma nós conheceremos aspectos de nossa natureza que não permitiríamos que mais ninguém nos mostrasse e que nós mesmos nunca admitimos.” --- C. G. JUNG “Os filhos deram forma aos... Continuar Lendo →

As Quatro Formas de Expressão da Sombra

As várias nuances da alma - As Quatro Formas de Expressão da Sombra  "... vistes os portões da escuridão profunda?" - Jó 38:17 Tanto Sigmund Freud como Carl Jung tinham muito a dizer sobre estes eus mais obscuros. Freud, em particular, ao articular as motivações variadas da psique, falando abertamente sobre sexualidade e desafiando as imagens... Continuar Lendo →

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: